Dos 30 aos 31…é preciso coragem!

20140218-045935.jpg

Nesse último sábado, eu saí dos 30 e fui para os 31 e, como manda a minha tradição e a minha vida de excessos, fiz um festão para 100 convidados, com muita comida, bebida e música. O meu aniversário é a oportunidade que eu tenho de reunir todos os meus amigos, aqueles que passaram e permanecem na minha vida ao longo desses 31 anos. Digo isso, porque tenho amigas de mais de 23 anos ( tipo todas as que participam desse blog) e o mais legal é que depois de tantas festas, a maioria das pessoas já se conhece: as meninas do primeiro grau falam com a galerinha de Salvador, que fala com o pessoal do segundo grau, que tem contato com o pessoal do trabalho e que se dá super bem com a minha família! Então, acaba que esse reencontro anual garante a animacão da pista de dança do início ao fim da festa!

20140218-052112.jpg

Essa transição dos 30 para os 31, trouxe pra minha vida muito além do que mais uma primavera. Confesso que a maturidade, leveza e autoestima são outras! Quando a gente se permite, o ser feliz fica tão próximo à nossa realidade que não dá vontade de deixá-lo ir embora! Sim, a crise dos 30 me assolou durante algum tempo e talvez eu tenha transferido pra determinadas situações e pessoas da minha vida a obrigação de me fazerem feliz e não é assim que a banda deve tocar não! Os maestros das nossas vidas somos nós mesmos!
#ficaadica: não transfira pro outro essa responsabilidade!

A vida é feita de escolhas e é super normal que a gente demore pra definir o percurso que nos faz mais feliz, por comodismo, ilusão, ou talvez porque a gente necessite passar por aquela situação pra crescer e aprender em algum aspecto deficiente! Para mudar pra melhor, seja no trabalho, no relacionamento amoroso ou familiar, no estilo de vida- coragem é a palavra de ordem!

20140218-050231.jpg

Não tenha medo do novo, esteja aberto às mudanças, porque elas são necessárias e naturais e, com 30 anos, por mais que você sofra com elas, é diferente, pois mesmo que a gente queira pagar pra ver, lida melhor com os obstáculos e com as pancadas que a vida nos dá!

Então, o que você está esperando pra ser feliz? Não hesite, ouse, siga em frente, se cair, levante, se errou aprenda e o mais importante: não deixe que a ansiedade seja sua aliada porque ela só atrapalha na construção desse novo cenário!

O primeiro passo é assumir para você mesmo que algo não está dando certo, além de não se acomodar a determinadas situações temporárias de felicidade que só tendem a te sabotar. Às vezes, esse foi até o meu caso, a ficha demora a cair ou você precisa de um fato ou empurrãozinho da vida que te dá o clique, isso faz parte! Afinal, somos seres humanos… Assumiu, então aceite a sua nova condição, mesmo que o período de luto te assole por um tempo, o respeite e depois arregace as mangas e vá a luta!

Sei que esse post está bem parecido com capítulos de livros de autoajuda, mas é que ultimamente no meu círculo, tenho visto tantas pessoas que precisam desse tipo de incentivo que não quis deixar passar a oportunidade de relatar a minha experiência.
Afinal, é tão bom estar rodeada de gente feliz! 😃

20140218-050945.jpg

 

Por Renata Lopes

20140218-054617.jpg

 

 

”Sorrir é o melhor remédio” esse é o meu lema! Carioca, sonhadora e com uns quilinhos a mais, conquistados após os 20 anos e bem aceitos com a chegada dos 30. Não vou ser hipócrita de dizer que isso não me incomoda, mas também sou realista e tento usar o meu “excesso de gostosura” a meu favor, sempre! Aguarde e confie nas dicas “Plus” da coluna!

Anúncios

15 comentários sobre “Dos 30 aos 31…é preciso coragem!

  1. Muito legal o post Renatinha, você já deve ter ouvido falar na ong Arte de Viver, que prega exatamente isso ai que você diz, muito do que a gente aprende lá, está escrito ai. Parabéns, muito bacana. Jai Gurudev!

  2. Rê.. Amei o q escreveu!! Realmente, ter coragem é pra poucos e seu relato me tocou muito pois, como sei q vc sabe, estou realmente desde os 30 vivendo esses conflitos que citou!! Obrigada pela dica e por sua amizade!! Arrasou garotaaaa!!

    • Ah amiga fiquei ate arrepiada agora com o seu comentário! Jah te disse: nos conhecemos faz pouco tempo mas jah torço demais pelo seu sucesso… entao que a felicidade nos contagie em Ssa para voltarmos ainda mais fortes e guerreiras kkkkk

  3. Reee… Amei o texto! Ainda não cheguei aos 30, mas acho que é bem por aí mesmo… Nada de transferir a responsabilidade de ser feliz para o outro. Isso é nossa responsabilidade e de ninguém mais! Pode ter certeza que em novembro vou voltar a ler esse post. Rsrs Bjsss

  4. Renata, vc arrasa escrevendo! !!! Ainda bem que nao fui a única na crise dos trinta!!! Mas a duvidas somos melhores e mais felizes hoje!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s